Artigos
Stakeholders em relações governamentais: uma questão estratégica
Autor:
Nayara Cortez
Publicado:
27/1/2021 17:22
I

dentificação, monitoramento e engajamento de stakeholders são atividades fundamentais para a estratégia de relações institucionais e governamentais (RIG). Você já conhece os ganhos de incorporar estes processos à sua estratégia? 

Ao longo deste artigo você será apresentado aos seguintes tópicos de informações:

  • O que são stakeholders e os principais tipos nas relações governamentais 
  • O que é e como o engajamento de stakeholders se insere na estratégia de relações governamentais
  • A importância de ter uma estratégia de engajamento de stakeholders para além do mapeamento

O que é um stakeholder? 

Na década de 1980, o filósofo norte-americano Robert Edward Freeman, definiu stakeholders como todos aqueles que afetam ou são afetados por uma organização.  

Os principais stakeholders são as partes interessadas que, de alguma forma, são impactadas pelas ações desenvolvidas em um projeto (interno) ou pelas atividades da organização (externo) e podem ser: proprietários, investidores, clientes, fornecedores, empregados, concorrentes, governos, imprensa, comunidade, grupos ou organizações sem fins lucrativos. 

As atividades de uma organização geram algum valor (financeiro ou não) para os interessados sendo que, os esforços para interagir e manter bons relacionamentos com cada parte geram retornos que refletem na reputação da organização diante de toda a sociedade.

Stakeholders em Relações Governamentais

No dia a dia das relações governamentais é preciso ter clareza dos temas (regulatórios, políticos, econômicos, sociais, ambientais, midiáticos) e como eles impactam a sua organização para defender seus interesses. 

Mais do que isso, conhecer os principais atores que exercem influência e que possuem interesse nos temas considerados estratégicos é fator essencial para entender o tabuleiro do jogo político, bem como para ampliar a chance de sucesso dos objetivos estratégicos.

Relações Governamentais: estratégia e stakeholders

O monitoramento do cenário político e regulatório, acompanhando principalmente as agendas e publicações oficiais dos Poderes Legislativo e Executivo, ajuda as organizações a identificarem os temas de impacto que demandam a atuação para a defesa de interesses. 

Esta é uma das principais atividades do profissional de RI sendo fundamental, com base nos dados identificados, para o desenvolvimento de uma estratégia de atuação que envolve, em grande parte, o relacionamento com os stakeholders  ligados com a temática. Esse processo permite antecipar os cenários para evitar riscos e antever oportunidades aos negócios. 

E aqui entram os principais stakeholders em relações governamentais: entes do poder público, outras organizações e grupos da sociedade que possuem poder de influência ou de decisão sobre os temas de interesse da organização. O foco de atuação, análise e relacionamento de RIG deve estar voltado a estes temas e aos principais atores relacionados. 

Com base no monitoramento e identificação dos stakeholders é possível criar um mapeamento para ajudar a entender por quê, com quem, quando e sobre qual tema falar.

Alinhar a este monitoramento estratégico as ações de engajamento com stakeholders possibilita que sua estratégia de relações governamentais vá além.

Engajamento de stakeholders: indo além do mapeamento 

Mapear as partes interessadas e saber quais seus interesses é importante para ter uma visão geral do tabuleiro do jogo político. Para ir além da estratégia de mapeamento e avançar para o engajamento, é preciso sistematizar as informações relevantes sobre os stakeholders relacionando aos seus temas de impacto, manter um acompanhamento mais próximo para entender onde e como atuam estes stakeholders e conhecer sua rede de atuação e influência.

Dessa forma, a estratégia de engajamento com stakeholders te dará um cenário mais completo em torno do tema que demanda atuação e será possível planejar e antecipar os próximos passos para maximizar seus resultados focando os esforços nas ações e relacionamentos que levarão a alcançar seus objetivos com sucesso. 

Em síntese, melhorar sua estratégia de defesa de interesses com a gestão de risco político e regulatório aliada ao engajamento de stakeholders significa: 1) desenvolver de forma interligada a identificação de temas de interesses e os stakeholders relacionados, o monitoramento destes temas no cenário político e como seus stakeholders se posicionam sobre eles e 2) analisar e classificar para permitir a priorização de ações e engajamento, a mensuração e compartilhamento do status dos temas e resultados alcançados. 


Blog Sigalei | Relembre

No artigo abaixo falamos um pouco mais sobre o tema Como mapear stakeholders

Inteligência Sigalei

Quer aprimorar suas ações de relações governamentais sabendo onde e com quem atuar? Fale com os especialistas da Sigalei. Nós te ajudaremos a utilizar dados e ter inteligência política para alcançar objetivos e melhorar, cada vez mais, sua estratégia. Clique para entrar em contato e saber mais.


Tags
Relações Governamentais
Stakeholder
Gestão de Risco
Relações Institucionais

Artigos Relacionados

Fundada em 2016, acreditamos na democracia. Acreditamos que todos os grupos da sociedade podem e devem participar das decisões políticas. Nossa missão é entregar tecnologia para que os mais diversos grupos sociais e econômicos possam monitorar e influenciar as decisões Governamentais.

Insights e conteúdos exclusivos.
Inscreva-se:

Obrigado! Seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Algo deu errado, tente novamente.

Contato

contato@sigalei.com.br
+55 (16) 3032-3979
R. Conde do Pinhal, 1762
Centro
São Carlos-SP
13560-648

QUEM SOMOSPRODUTOSSOLUÇÕESSUPORTECONTATOPOLÍTICAS DE PRIVACIDADE