Artigos
5 passos para engajar stakeholders em relações governamentais
Autor:
Nayara Cortez
Relações Institucionais e Comunicação Sigalei
Publicado:
11/2/2021 16:15
U

ma estratégia de engajamento com stakeholders incorporada à gestão de RIG de uma empresa ou associação possibilita um entendimento mais amplo sobre as dinâmicas entre atores políticos, econômicos e sociais que têm interesses e/ou são impactados pelos negócios da organização. 

No cenário político estes stakeholders atuam criando novas regras, normas, tributos, programas e políticas públicas através da publicação de decretos ou projetos de lei, por exemplo. E estas ações têm potencial de afetar setores produtivos de diversas formas e refletir, até mesmo, em impactos sociais e econômicos. 

Para minimizar riscos e maximizar oportunidades ao desenvolvimento, competitividade e sustentabilidade dos negócios, os profissionais de relações governamentais - também conhecidos como lobistas - desenvolvem relacionamentos e ações estratégicas que se refletem no fortalecimento e reputação de organizações.  

E como o engajamento com stakeholders pode ser feito nas relações governamentais?

As organizações podem estabelecer com seus principais stakeholders interações que demonstrem a identidade e valor gerado pela instituição para essas relações. Além de garantir a inclusão das partes interessadas nos debates sobre as temáticas que demandam atenção e ação para solucionar um problema ou gerar uma oportunidade. 

Para ajudar a elaborar uma estratégia de engajamento com stakeholders no contexto de RIG reunimos abaixo 5 dicas. 

1. Identifique os stakeholders

Entre os temas que interessam à sua organização, saber quem fala sobre eles na esfera política é importante para monitorar como e o quanto seus temas são abordados pelo público e tomadores de decisões. Seus stakeholders podem ser pessoas, grupos ou organizações com papel relevante para influenciar ou decidir sobre um assunto. 

2. Acompanhe e tenha atenção

Após saber quem são os stakeholders relacionados com seus temas de interesse,  criar uma base com os dados mais relevantes para manter o acompanhamento te ajudará a estar sempre atualizado e atento às mudanças. Você pode monitorar informações sobre quem são, a quais assuntos estão relacionados, informações de contato, redes sociais que mais utilizam para posicionamentos públicos.

3. Analise o comportamento dos atores com relação às suas pautas 

Acompanhar constantemente seus stakeholders permite a obtenção de informações sempre atualizadas para facilitar as análises do contexto político ao redor dos assuntos de interesse da organização. Dessa forma é possível entender se o contexto geral indica que uma temática está mais quente politicamente ou não. 

4. Classifique e priorize

A partir das análises de cenário, é possível acrescentar informações aos stakeholders que são monitorados para classificá-los quanto ao poder de influência ou decisão sobre o que está em pauta, se são favoráveis ou desfavoráveis aos seus interesses, se os interesses da organização são convergentes ou divergentes ao do ator em questão. Esse processo de classificação ajuda a segmentar sua base de stakeholders e priorizar interações ou aproximações estratégicas. 

5. Engaje

Por quê ter uma estratégia para engajamento? Não basta aproximar, estabelecer o relacionamento e se comunicar pontualmente sobre temas específicos e em momentos determinados. 

Um plano de engajamento com stakeholders bem estruturado e gerido permite tomar decisões e ações oportunas e estar sempre atualizado sobre o quê, com qual frequência e com quem interagir para alcançar os objetivos estratégicos.  

O engajamento com stakeholders governamentais focando na defesa de interesses envolve estar atento ao cenário político, identificar atores relevantes, estabelecer e nutrir relacionamentos, comunicar de forma clara, consistente e regular, entender interesses dos stakeholders e alinhar expectativas, estar presente em ambientes nos quais também participam as partes interessadas em seus negócios, contribuir com a qualificação de debates, e uma série de ações .

Blog Sigalei | Relembre

Nos artigos abaixo falamos um pouco mais sobre stakeholders:

Stakeholders em relações governamentais: uma questão estratégica
Como mapear stakeholders

Inteligência Sigalei

A Inteligência Sigalei te ajuda a centralizar e organizar os dados e informações relevantes para sua estratégia de relações governamentais. Fale com nossos especialistas:

Clique para entrar em contato e saber mais.
Tags
Relações Governamentais
RelGov
stakeholders

Artigos Relacionados

Fundada em 2016, acreditamos na democracia. Acreditamos que todos os grupos da sociedade podem e devem participar das decisões políticas. Nossa missão é entregar tecnologia para que os mais diversos grupos sociais e econômicos possam monitorar e influenciar as decisões Governamentais.

Insights e conteúdos exclusivos.
Inscreva-se:

Obrigado! Seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Algo deu errado, tente novamente.

Contato

contato@sigalei.com.br
+55 (16) 3032-3979
R. Conde do Pinhal, 1762
Centro
São Carlos-SP
13560-648

QUEM SOMOSPRODUTOSSOLUÇÕESSUPORTECONTATOPOLÍTICAS DE PRIVACIDADE